BLOG

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social

Trecho da palestra Perseverança, de Nely Falabella.

Em 2001 conheci a ABAN e iniciei minha vida como voluntária. A cada dia me sinto mais feliz, mais motivada e mais realizada no meu trabalho e penso que o que me faz sentir assim é o amor que coloco na minha missão.

Fazer bem feito, fazer com amor, fazer com técnica, colocar conhecimentos pessoais na missão é belo, mas precisamos de mais, além de dar o nosso melhor, é preciso que coloquemos tambem o nosso coração. Eu coloco sempre o meu coração na minha missão, faço isso com alegria, dou o meu amor e me permito sentir o amor das pessoas por mim.
Coloco amor nas minhas relações de ajuda e me abro a elas, amo as pessoas pelo que são e como se apresentam.

Acesso as pessoas pelo amor e me deixo ser acessada por este amor, me permito ser amada por elas… me permito sentir esse amor. Me sinto totalmente preenchida com essa troca de amor fraterno.

É muito gratificante ver o outro feliz com a ajuda oferecida, é para isso que nos abrimos ao voluntariado, mas os que colocam o coração nessa relação saem muito mais felizes do que entraram, e é isso que os motiva, é isso que os fideliza. A perseverança vem dessa troca incessante de amor com o proximo. Dar amor é importante, se permitir receber é maravilhoso…

A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhes proporcione apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração. (Madre Tereza de Calcutá)
O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá. (Madre Tereza de Calcutá)

Categoria

Deixe seu comentário